SP - São Paulo
[x] Você está vendo animais de SP - São Paulo, clique para alterar a cidade.

Encontre um Animal

 
 
 
 
 
*Nome do animal, da ONG ou digite "Vários".
Receba nossos comunicados:
 
Seu-email:

ONG / Grupo / Protetor

Associação VIDA
Associação VIDA  

Clique aqui e veja o site da INSTITUÇÃO

POR FAVOR AJUDEM!!!! PRECISAMOS DE DOAÇÕES E ADOÇÕES!!!

Os "Voluntários Independentes em Defesa dos Animais" ou simplesmente Grupo Vida é uma organização não governamental, sem fins lucrativos que visa tentar amenizar o sofrimento dos animais de rua de Mogi Mirim - SP.

Temos muitos animais, entre gatos e cachorros que foram vitimas de abandono e maus tratos.

Dessa forma, para continuarmos e ampliarmos o nosso trabalho precisamos de ajuda constante de rações, de medicamentos, de dinheiro para custear as despesas do nosso abrigo e para participarem das nossas feiras de adoção.

Muitas pessoas procuraram nossa pagina do Facebook se oferecendo para ajudar e vocês podem a nossa instituição da seguinte forma:

* Nós precisamos de voluntários para participar das nossas feiras de adoção que acontecem aos sábados de manhã, na Praça Rui Barbosa das 9:00 as 12:00.

* Nós precisamos de associados que possam contribuir mensalmente, com qualquer quantia que seja.

* Precisamos de todos os tipo de doações MAS PRINCIPALMENTE DE RAÇÕES DE CÃES E GATOS.

Os interessados favor mandar seus dados com nome, email e telefone, endereço para o seguinte endereço:

grupovida.mm@hotmail.com

Assim, dividiremos os voluntários em nossos grupos de trabalho.

Att.

Grupo Vida.

Doações para a ONG: CNPJ: 13.538.718/0001-88
Inscrição Municipal: 25516
Conta bancária para doações: Banco Itaú – Agência: 0031 – Conta nº 78038-0.
POR FAVOR AJUDEM!!!! PRECISAMOS MUITO DE DOAÇÕES E ADOÇÕES!!!


VIDA = Voluntários Independentes em Defesa dos Animais

A ONG Vida é uma organização não governamental, sem fins lucrativos.

Por que ajudar os animais?

Você sabia que no Brasil milhões de cães e gatos vivem nas ruas, passando fome, frio e todos os tipos de necessidades? Cerca deles 70% acabam em abrigos e 90% nunca encontrarão um lar. Parte será vítima ainda de atropelamentos, espancamentos e todos os tipos de maus tratos.

Infelizmente, não é possível solucionar este problema da noite para o dia. A castração dos animais de rua é uma solução para diminuir as futuras populações mas não resolve o problema do agora. Sendo assim, algumas coisas que você pode fazer para ajudar um animal carente hoje:

* Adotar um animal de maneira responsável
* Voluntariar-se em algum abrigo.
* Doar alimento (ração) e/ou remédios para abrigos.
* Contribuir financeiramente com ONGs.
* Nunca abandonar seu animal.

Conheça a Lei de Proteção Animal

A principal lei que protege os animais é a Lei Federal 9.605/98, conhecida como Lei dos Crimes Ambientais:

Art. 32 – Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos.

A pena será de 3 meses a 1 ano de prisão e multa, aumentada de 1/6 a 1/3 se ocorrer a morte do animal.

Além dela, o Decreto-Lei n° 24645/34 dá proteção legal aos animais desde os tempos de Getúlio Vargas.

E a Constituição Federal de 1988 diz, em seu artigo 225, parágrafo 1°, que cabe ao Poder Público:

VI – promover a educação ambiental em todos os níveis de ensino e a conscientização pública para a preservação do meio ambiente;

VII – proteger a fauna e a flora, vedadas, na forma da lei, as práticas que coloquem em risco sua função ecológica, provoquem a extinção de espécies ou submetam os animais a crueldade.

Algumas ações consideradas maus-tratos:
• Não dar água e comida diariamente;
• Manter preso em corrente;
• Manter em local sujo ou pequeno demais para que o animal possa andar ou correr;
• Deixar sem ventilação ou luz solar, ou desprotegido do vento, sol e chuva;
• Negar assistência veterinária ao animal doente ou ferido;
• Obrigar a trabalho excessivo ou superior à sua força;
• Abandonar;
• Ferir;
• Envenenar;
• Utilizar para rinha, farra-do-boi, etc.

Como denunciar:

Consiga a maior quantidade de informações possíveis para identificar o agressor: nome completo, profissão, endereço residencial ou do trabalho. Sem saber quem ele é nada se pode fazer. Em caso de atropelamento ou abandono, anote a placa do carro para identificação no Detran.

Importante:

Chame a POLÍCIA MILITAR (disque 190): cabe a eles ir ao local do crime e registrar a ocorrência, responsáveis que são pelo policiamento ostensivo ou registre o fato na Delegacia de Polícia mais próxima, levando o máximo de informações. Será feito o Boletim de Ocorrência (B.O.) ou um Termo Circunstanciado (T.C.). Peça uma cópia.

Saiba que, infelizmente, esse crime é considerado de menor gravidade pela Justiça. Mas é muito importante processar o infrator, para que ele passe a ter maus antecedentes junto à Justiça. Com isso, ele poderá perder benefícios de ser julgado novamente pelo Juizado Especial.

A insistência do denunciante junto às autoridades, para que os fatos sejam apurados e os criminosos punidos, é essencial para que a denúncia tenha conseqüências.




  
Cancelar [x]
 
Cadastro
Já é usuário?

Clique para entrar
Esqueceu seu login/senha? Clique aqui.
 


Novo usuário

Clique para se Cadastrar 
 


Quer AJUDA? Clique Aqui.