SP - São Paulo
[x] Você está vendo animais de SP - São Paulo, clique para alterar a cidade.

Encontre um Animal

 
 
 
 
 
*Nome do animal, da ONG ou digite "Vários".
Receba nossos comunicados:
 
Seu-email:

Noticia

« voltar para o blog
 
Circo alemão que se recusa a usar animais, cria lindos hologramas para admirá-los.
09/04/2019 - 15:41h

Quem disse que você podemos curtir um circo com animais? Só é preciso um pouco de engenho para apreciá-los sem os machucar!

Temos de repudiar qualquer abuso de animais, mas continuamos a admirá-los e a encontrar uma maneira de continuar a observá-los. Foi nisso que o Circus Roncalli se concentrou, que se tornou a primeira empresa a substituir animais, colocando hologramas no lugar.

A admiração pelo conhecimento tecnológico é combinada com o amor que temos pelos animais, que é ampliado e manifestado da maneira correta, respeitando-os; deixando-os em seu habitat natural e desfrutando de hologramas que os representam.

Aproximadamente 250 anos atrás, os espetáculos de circo foram iniciados por Philip Astley. O homem começou com acrobacias em cavalos e não teria ideia do que desencadearia. Tornou-se comum ver animais fazendo espetáculos de circo e sendo maltratados.

Mas esses tempos parecem começar a acabar, campanhas contra circos que usam animais conseguiram expor a situação e cada vez menos pessoas participam dessas funções, então os circos passaram a se reinventar.

O Circo Alemão Roncalli, por exemplo, optou por 11 projetores a laser Optoma ZU850, lentes BX-CTA03 estrategicamente localizadas em uma tenda de 32 metros, o resultado é fantástico.

Os animais que são recriados podem ser vistos a 360 graus, então ninguém fica sem vê-los. Peixe voador, cavalos galopantes, elefantes dançando (sem serem maltratados) e tudo o que você pode ver nesta proposta inovadora que promete revolucionar a indústria do circo como a conhecemos.

Abaixo, pode ver um breve vídeo dos hologramas:

A criatividade do ser humano pode ser usada para o bem e este circo mostra isso, sempre haverá uma solução que não magoará ninguém.

Gostou da matéria? Compartilhe este artigo. Isso nos ajuda a espalhar bons conteúdos nas redes sociais. Obrigado

Tradução e adaptação por Portal do Animal, da matéria originalmente criada por UPSOCL


 
Fonte: www.portaldoanimal.org



  
Cancelar [x]
 
Cadastro
Já é usuário?

Clique para entrar
Esqueceu seu login/senha? Clique aqui.
 


Novo usuário

Clique para se Cadastrar 
 


Quer AJUDA? Clique Aqui.